WarThunder:Ás do Mês de março- Capitão Eric “Winkle” Brown


Dadas as experiências dos seus anos de formação, Eric Melrose Brown esteve desde sempre destinado a voar. Nascido em Leith, perto de Edimburgo, Escócia a Janeiro de 1919, o pai de Brown era piloto e tinha servido nos “Royal Flying Corps” durante a primeira guerra mundial, antes disso transferiu-se para a RAF na sua formação. Ainda muito jovem Brown experiênciou o voo no cockpit de um biplanador sentado ao colo do seu pai. Com 17 anos acompanhou o seu pai até á Alemanha para assistir ás Olímpiadas de Berlim em 1936. Aqui conheceu o Ás de combate da Primeira Guerra Mundial Ernst Udet a pioneira de voos teste Hanna Reitsch – Udet levou Brown a voar e demonstrou-lhe uma série de manobras acrobáticas antes de levar o jovem escocês outra vez até terra firme e lhe dizer que ele seria um bom piloto de combate, e para isso ele tinha de aprender a voa e a falar alemão fluentemente. Brown viria a fazer os 2 nos anos seguintes.
Tendo acabado a escolaridade com um recorde impressionante na sala de aula e no campo dos desportos, Brown estudou línguas modernas na Universidade de Edimburgo, onde ele também começou o treino formal de voo, graduando-se com a Reserva Voluntária da RAF e acumulando cerca de 120 horas em Gloster Gauntlets. Patrocinado pelo Ministério das Relações Exteriores, ele retornou à Alemanha em 1938, onde tornou-se então um professor como parte de um programa de intercâmbio. Em Setembro de 1939, quando visita novamente a Alemanha, ele foi acordado numa manhã por dois membros da SS e um intérprete, que o informou que a Grã-Bretanha e a Alemanha estavam agora em guerra, e levaram-no para três dias de interrogatório. Ele viria a recordar a realização de discussões politicas e jogar xadrez com seus guardas entre interrogatórios.

Compartilhar

Author:

Latest
Próxima